Grupo ÌBEJÌ

O Grupo ÌBEJÌ se caracteriza pela atuação artística e cultural fundamentada nos ritmos, danças e drama da mais pura cultura tradicional Yorùbá. É dirigido pelo percussionista e dançarino nigeriano Ìdòwú Akínrúlí.

Com essas três formas de expressão – música, dança e o drama – sob o olhar de um Yorùbá, essas artes, também difundidas pela cultura ocidental, possuem outra forma estética pouco experimentada em solo brasileiro, inédita em solo gaúcho.

No Brasil são várias referências ao povo Yorùbá e muitos procuram conhecimentos sobre esta cultura sob os prismas da história, religiosidade, artes e língua. O Grupo ÌBEJÌ partilha esses saberes com oficinas, apresentações, oficinas, contação de histórias e vivências comunitárias sob a cosmovisão Yorùbá.

Grupo

Direção e coordenação:
  • Ìdòwú Akínrúlí
Percussão:
  • Ajala Maira Machado Bueno 
  • Daniel Hauber
  • Fabiano Azevedo
  • Andressa Ferreira
  • Gutcha Ramil
Dança:
  • Natália Giacomello
  • Priya Mariana Konrad
  • Sahaj Roberto Landell de Moura
Guitarra:
  • André Brasil
Direção de Produção:
  • Janaina Dala Vecchia
Taiye e Kehinde

ÌBEJÌ é o nome dos gêmeos na terra Yorùbá. Eles tem nomes trazidos do céu como Taiye e Kehinde. Idowu é aquele que vem depois dos gêmeos e Alaba é aquele que vem depois de Idowu, independentemente se o nascido é homem ou mulher. ÌBEJÌ são aqueles nascidos juntos e que vem ao mundo trazendo riqueza à sua família.

Os gêmeos são responsáveis por façanhas e alegrias e por isso o povo Yorùbá lhes dá boas vindas!